SÁBADO, 29 DE ABRIL DE 2017

Começa a capacitação da Aliança Municipal pela Competitividade
Data de publicação: 20 de abril de 2017 - 15:06


IMG_6415-768x512Transformar Goiás em um dos estados mais modernos e competitivos do País com a elevação da qualidade educacional. É esse um dos pilares da Aliança Municipal pela Competitividade do programa Goiás Mais Competitivo e Inovador (GMCI), que promove nesta quinta-feira, dia 20, capacitação de secretários municipais de Educação. A secretária de Educação, Cultura e Esporte de Goiás, Raquel Teixeira, abriu o encontro e reforçou que juntos é possível alavancar o desenvolvimento da Educação Infantil.

O curso para 24 secretários – dos 24 municípios com maiores déficits de Educação Infantil – está inserido nos dois projetos da Seduce incluídos no GMCI: o Goiás Parceiro da Educação InfantilPrimeiros Passos e Parceiro do Ensino em Goiás (PEG). Entre os objetivos do curso estão a identificação dos desafios de cada cidade, promoção da gestão estratégica para resultados e o estímulo de toda a rede para melhorar a educação pública de Goiás.

Durante a abertura da capacitação, Raquel Teixeira lembrou que a Educação Infantil é basicamente uma atribuição dos municípios, mas o Estado busca a união de esforços e a articulação de recursos, a fim de melhorar a qualidade de vida da população. “Estamos propondo aos municípios ações e soluções pedagógicas, de infraestrutura e de manutenção e custeio. Estamos finalizando uma proposta ao Ministério da Educação para que, de formas alternativas, garanta a oferta da Educação Infantil, porque uma criança na creche custa R$ 2.503 por mês, mas os municípios só recebem R$ 251 do Fundeb”, explicou.

Para ela, a base educacional reflete diretamente no futuro profissional e pessoal de cada indivíduo, porque é onde ele recebe diferentes estímulos para o conhecimento. “As crianças têm o direito de aprender e cabe ao poder público, independente de Estado ou município, gênero, raça ou partido político, garantir esse ensino de qualidade. Nosso papel é dar, a cada um, condições para que ele nade com a corrente e não contra ela”, disse a secretária.

Ela ressaltou que a Educação é um dos maiores desafios na gestão pública já que, além do papel social, a área está assumindo um protagonismo econômico e político. “Países como Dinamarca, Noruega, que são extremamente áridos, despontam na capacidade de gerar produtos, riqueza e qualidade de vida, porque desde cedo tiveram que explorar a capacidade humana com a educação. O século XXI é o século do conhecimento que gera prosperidade”, pontuou.

Raquel frisou, ainda, que é necessário que o ambiente escolar se antecipe às mudanças e prepare os alunos para o futuro. “Não dá para continuarmos com os mesmos pensamentos do século XIX. A educação de qualidade hoje é aquela em que o aluno aprenda, reflita, articule e o propulsor disso é o professor. Então vamos trocar ideia, trazer sugestões para que sejamos geradores de bons frutos”, reforçou.

Investimentos
A secretária citou alguns recursos que a Seduce já oferece para auxiliar na busca pela qualidade educacional, entre eles a plataforma 360 – à disposição dos gestores municipais – e o Caderno de Atividades Aprender +, distribuído gratuitamente.

Raquel também informou que já foram captados R$ 1,5 milhão do governo federal, que serão aplicados nas seguintes ações: 1° Seminário Internacional de Educação Infantil de Goiás, previsto para julho de 2017, produção do Livro Educação Infantil em Diferentes Contextos, formação de mais de 100 profissionais da Educação Infantil de 52 municípios, e aquisição de equipamentos pedagógicos para a educação infantil.

Aliança Municipal
Formalizada no dia 16 de março, o governador Marconi Perillo firmou com os prefeitos o Protocolo Geral de Intenções com o objetivo de estabelecer as condições gerais de cooperação entre Estado e municípios para promover a competitividade.

As secretarias de Gestão e Planejamento de Goiás (Segplan) e de Desenvolvimento coordenam o projeto que visa a redução da mortalidade infantil e do déficit habitacional; ampliar o acesso à atenção básica de qualidade; promover acesso à educação infantil; elevar a qualidade do aprendizado e diminuir a incidência de crimes contra a vida.

Municípios prioritários
Os municípios prioritários são: Goiás, Itaberaí, Aparecida de Goiânia, Goiânia, Senador Canedo, Trindade, São Luís de Montes Belos, Águas Lindas de Goiás, Santo Antônio do Descoberto, Formosa, Planaltina, Anápolis, Niquelândia, Goianésia, Itumbiara, Jataí, Mineiros, Rio Verde, Caldas Novas, Catalão, Posse, Cidade Ocidental, Novo Gama e Valparaíso de Goiás.

Comunicação Setorial da Seduce






Gabinete de Gestão de Imprensa do Governador
Palácio Pedro Ludovico Teixeira, Rua 82, nº 400, 9º Andar, Setor Central. GOIÂNIA/GO. CEP: 74.015-908
Fone Redação: (62) 3201-5954
goiasagora@abc.go.gov.br