QUINTA-FEIRA, 23 DE MARÇO DE 2017

Goiás terá mais uma forte ação social ao aderir ao Criança Feliz
Data de publicação: 20 de março de 2017 - 19:15


Criança Feliz - Governador Marconi - Foto Humberto Silva05

O governador Marconi Perillo assinou, na tarde desta segunda-feira, dia 20, em evento na sede do Tribunal de Contas do Estado (TCE), termo de adesão ao Programa Criança Feliz, do governo federal. Durante a solenidade, ele e o ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, ressaltaram que os programas sociais existentes em Goiás auxiliarão o Criança Feliz, que consiste no acompanhamento multidisciplinar de crianças carentes cujas famílias são beneficiárias do programa Bolsa Família.

“Goiás tem uma tradição nessa área social muito forte, com programas que certamente vão nos auxiliar. Queremos que todos os municípios tenham, em pouco tempo, o trabalho de acompanhamento semanal em casa de todas as crianças filhas dos beneficiários do programa Bolsa Família”, ressaltou o ministro. O governador Marconi, por sua vez, destacou os programas sociais do governo estadual que têm foco na primeira infância, assim como o Criança Feliz.

“Temos o Meninas de Luz, voltado a adolescentes grávidas; o Criança Cidadã, que já construiu mais de 100 creches em todo o Estado em parceria com os prefeitos, e o programa Goiás Mais Competitivo e Inovador, que está focando em parceria com os prefeitos a viabilização de vagas para combater o déficit nas escolas de educação infantil principalmente”, endossou.

O Criança Feliz  é um programa de acompanhamento semanal domiciliar das crianças com até três anos de idade, feito por profissionais qualificados, que farão avaliação médica, pedagógica e psicológica. O ministro Osmar Terra disse que o objetivo é dar suporte ao desenvolvimento humano das crianças e compensar as desigualdades sociais. Segundo ele, o governo federal deve investir R$ 400 milhões na execução do programa.

“Para que essas crianças possam chegar às escolas em melhores condições, se desenvolverem melhor, e poderem ajudar futuramente suas famílias a saírem da pobreza. Pesquisas mostram que é nos primeiros mil dias de vida que se organiza a competência humana. E uma criança pobre sempre está em desvantagem em detrimento da oportunidade de estímulos que tem uma criança de classe média ou rica. Vamos procurar compensar isso. É um programa para diminuir as desigualdades”, disse.

Marconi elogiou o objetivo do programa, e disse que o Governo de Goiás se dispõe a auxiliar com os programas sociais estaduais e com todas as ações necessárias para a plena execução do Criança Feliz. O governo federal vai repassar recursos para o Estado investir em capacitação, mobilização e coordenação do programa. O governador também assinou decreto para estabelecer Cofinanciamento da Assistência Social com todas as prefeituras goianas.

Secretária Cidadã, Lêda Borges destacou que Goiás é um dos primeiros estados a ser atendido graças ao seu comprometimento com o setor social. “Goiás se destaca mais uma vez por suas ações sociais pioneiras, modelo para todo o País”, disse. O governador elogiou, por fim, a escolha do ministro pelo ex-secretário de Saúde de Goiás Halim Girade para auxiliar o ministério na execução do programa.

Participaram do evento também a primeira-dama Valéria Perillo, que é madrinha do programa em Goiás, e o vice-governador José Eliton, além de secretários estaduais, deputados e outras autoridades.

Gabinete de Imprensa do Governador de Goiás






Gabinete de Gestão de Imprensa do Governador
Palácio Pedro Ludovico Teixeira, Rua 82, nº 400, 9º Andar, Setor Central. GOIÂNIA/GO. CEP: 74.015-908
Fone Redação: (62) 3201-5954
goiasagora@abc.go.gov.br