SEGUNDA FEIRA, 11 DE DEZEMBRO DE 2017

Governo de Goiás abre comemorações do centenário de Frei Confaloni
Data de publicação: 7 de dezembro de 2017 - 10:03


Foto Walter Alves

Foto Walter Alves

O governador Marconi Perillo lançou na noite de quarta-feira, dia 6, no Palácio das Esmeraldas, catálogo de exposição que celebra o centenário do artista Frei Confaloni. A exposição será aberta na sexta-feira, dia 8, às 8 horas, no Museu de Arte Contemporânea de Goiás (MAC Goiás), do Centro Cultural Oscar Niemeyer.

Marconi afirmou estar feliz e orgulhoso por poder apoiar a exposição na condição de governador do Estado e ressaltou que a memória de Frei Confaloni será sempre lembrada pelos goianos.“Frei Confaloni fundou em Goiás uma grande escola das artes plásticas, que consagrou talentos goianos no Brasil e no mundo. Nomes como Siron Franco, Ana Maria Pacheco, DJ Oliveira. Gerações foram inspiradas por ele”, observou.

Maconi Perillo - Frei Confaloni - Exposição - Foto Walter Alves 04Ele ainda afirmou que só aqueles que realmente amam a cultura são capazes de iniciativas como essa, de reviver a história e o legado de um nome tão importante para as artes e para a cultura goiana.

O Governo de Goiás apoia o evento por meio do Fundo de Arte e Cultura de Goiás, e patrocínio da Saneago. Ele parabenizou a comissão organizadora da exposição, liderada pelo produtor cultural e pesquisador PX Silveira.

O catálogo lançado reúne 80 obras de Confaloni, dentre pinturas, desenhos, gravuras, esculturas, afrescos. A exposição, denominada ABC Confaloni – Modernidade Inaugural, reúne 300 obras do artista. “Essa comissão se dedicou meses e anos para manter viva a memória e a história de Frei Confaloni. A ela minha gratidão por podermos, juntos, reativar a nossa memória em relação ao Frei”, agradeceu.

PX Silveira devolveu os agradecimentos ao governador pelo amparo que a exposição recebeu do governo estadual. “Marconi nos possibilitou fazer uma exposição digna”, disse. Secretário municipal de Cultura de Goiânia, Kleber Adorno parabenizou Marconi pela transformação do Palácio das Esmeraldas em um espaço dedicado à cultura. “Um espaço que se qualifica ainda mais com essa homenagem a essa figura tão importante para a história do nosso Estado. Quando um espaço assim se abre, fortalece a nossa goianidade”, declarou.

Presidente da Saneago, Jalles Fontoura discorreu sobre o apoio do governo estadual à exposição.  “Ao patrocinar uma exposição como essa, o governador está exatamente fazendo o que o governo tem que fazer. Cultura tem que ter apoio do governo porque é parte fundamental da vida das pessoas. A história goiana é tão pouco retratada ainda. É preciso cultivar esses valores”,  enfatizou.

Frei Giuseppe Confaloni nasceu em Viterbo (Itália – 1917), estudou arte plástica e se tornou frei dominicano. Veio para Goiás em 1950, a convite do bispo Cândido Penzo, e se instala em Vila Boa, hoje cidade de Goiás, com a incumbência de pintar 15 afrescos na Igreja do Rosário, denominados Mistérios de Rosário. Em 1952, se transferiu para Goiânia, onde viveu uma intensa vida de arte, inclusive como professor, e morreu em  1977. Participaram do evento também a secretária estadual de Educação Raquel Teixeira, e familiares de Frei Confaloni.

Gabinete de Imprensa da Governadoria






Gabinete de Gestão de Imprensa do Governador
Palácio Pedro Ludovico Teixeira, Rua 82, nº 400, 9º Andar, Setor Central. GOIÂNIA/GO. CEP: 74.015-908
Fone Redação: (62) 3201-5954
goiasagora@abc.go.gov.br